Menu Mulher: Seu dicionário feminino na web.

Posts Tagged ‘Entrevista

Por Fernando Gomes

Ardência ao urinar e sensação de bexiga cheia o tempo todo podem ser indícios de infecção ou inflamação. A cistite, se não identificada e tratada de maneira correta, pode até levar à morte, mas felizmente é o tipo de doença que pode ser evitada a partir de simples cuidados.

O canal que expele a urina para o exterior, a uretra, percorre um caminho menor no sistema urinário feminino, por isso a instalação e proliferação de germes é muito mais facilitada. “Costumo orientar minhas pacientes a sempre urinar no intervalo de relações sexuais, pois além de aliviar a pressão na bexiga, isso evita que germes possam se instalar na uretra. Nas mulheres, a higiene errada após uma ida ao banheiro, por exemplo, também pode resultar em uma dolorosa infecção por Escherichia coli, bactéria típica do intestino humano”, afirma a médica Ceres Felski da Silva, nefrologista da Fundação Pró-Rim em Balneário Camboriú.

Segurar a urina por muito tempo é a forma mais comum de dar início a uma infecção. Os desconfortos de uma cistite envolvem dores lombares, irritação, dificuldade de urinar e aumento considerável de idas ao banheiro. “Era mais ou menos como uma cólica menstrual, porém muito mais forte. Sentia dores insuportáveis ao urinar e só fiquei sabendo que era cistite porque tive os mesmos sintomas que minha mãe”, afirma Mônia Krindges, 23, estudante universitária.

Para identificar uma cistite são necessários dois exames básicos, o de urina e o de sangue. A partir daí encontra-se o remédio mais adequado às necessidades do paciente. “Os óbitos são raros, mas a demora no diagnóstico pode permitir que a bactéria atinja o rim, ocasionando a perda do órgão e da vida do paciente”, afirma a nefrologista. O tratamento é feito à base de antibióticos e é fundamental procurar um profissional qualificado para receitá-lo.

Sistema Urinário

Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000./ Retirado de: Aula de Anatomia

 

 

Daniella Medeiros entrevista universitária que já sofreu de Cistite. Confira o áudio:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Anúncios

Por Talita Rodrigues

DSC03666Retardar o envelhecimento, combater a obesidade e aliviar o estresse. Estas são algumas das muitas promessas feitas pela Medicina Ortomolecular, uma prática medicinal ainda muito jovem, mas já muito polêmica.

A Medicina Ortomolecular propõe cuidar do equilíbrio das células através da reposição ou eliminação de substancias. Segundo o especialista em medicina ortomolecular Edson Maffezzolli o tratamento é feito a partir de três etapas: a primeira é identificar o desequilíbrio, a segunda é desintoxicar o organismo do paciente com a mudança de hábitos e a terceira etapa é a reposição ou eliminação das substancias necessárias para o equilíbrio da célula.

Quanto à eficácia do tratamento em tantos casos, Maffezzolli ressalta que, como a

Dr. Edson Mafezolli

Edson Mafezolli

maioria das doenças são causadas por algum desequilíbrio na célula, a medicina ortomolecular pode realmente servir para curar muitos males. Porém, há muitas controvérsias. O endocrinologista Edmundo Rainoldo afirma que a terapia não é capaz de cumprir nem metade das promessas de cura e a classifica com “balela”.

Apesar de a prática ser reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina desde 1998, através da resolução nº 1500/1998, as críticas em torno do assunto nunca pararam. O médico Roberto DÁvila, que acredita na medicina ortomolecular, diz que toda ciência precisa de discussões e críticas para se consolidar e, para ele, sobreviver à tantos relatos desfavoráveis é o que dará credibilidade à prática ortomolecular.

Ouça aqui um trecho da entrevista com o  médico  Edson Maffezzolli.Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Entrevista com a empresária Renata Morais da Silva que fez o tratamento ortomolecular
 – Por que procurou o tratamento?Tratamento de enxaqueca

-Quanto tempo durou o tratamento?

1 ano

– Houve algum fator negativo?

O tratamento assusta na parte financeira pois são muitos remédios ( naturais ) manipulados, sessões de aplicação de soro ( média de R$ 100,00 ) e aplicação de ampolas. Além da parte financeira o paciente deve carregar os remédios para lá e pra cá durante o dia pois tem os horários para tomar.

-O tratamento foi satisfatório? Porque?

No geral foi bem satisfatório, os resultados foram bons, não melhorei 100% pois enxaqueca é difícil saber exatamente a causa, mas passei por vários exames e alguns comprovaram que não era nada sério, mas sim algo relacionado com alimentação e ritmo de vida. Acretido que a idéia do tratamento ortomolecular é a prevenção de doenças na idade avançada, o médico te expõe as mudanças e necessidades dos dias de hoje, como isso refletirá no futuro na vida das pessoas. Para mim foi mais um aprendizado de como levar minha vida no dia a dia, buscando cada vez mais a qualidade!