Menu Mulher: Seu dicionário feminino na web.

Posts Tagged ‘Vanessa Tasca

Por Daiane Basso e Vanessa Tasca

O número acima de dez milhões contabiliza os brasileiros descasados hoje. O IBGE registrou em 2007 o maior índice de separações no Brasil, sendo que um em cada quatro casamentos é desfeito. Segundo matéria publicada no site Jus Brasil Notícias, “a conduta desonrosa ou grave violação do casamento foi o motivo mais frequente nas separações judiciais”. E quais seriam os motivos dessa falta de honra com o compromisso matrimonial?

“Você não vale nada, mas eu gosto de você”. Em outros tempos, esse refrão ao certo estaria se referindo a um homem. Mas a música é trilha sonora da personagem Norminha da novela das oito da Rede Globo, Caminho das Índias. A personagem de Dira Paes retrata uma fogosa esposa que após colocar o marido para dormir, sai de casa para seduzir outros homens.

A famosa cafajestagem é um dos traços da sociedade que vêm se acentuando. Segundo a psicóloga Susie Grazziotin Noschag, “cafajestes são pessoas com o ego muito grande, que pensam na sua satisfação e não têm nenhum tipo de consideração ou respeito com o parceiro”, traduz a psicóloga.  “Esses seres vaidosos na verdade têm medo de um relacionamento sério. Outro motivo pode ser o modo como foram criados ou o próprio caráter”, complementa.

A verdade é que junto com a sociedade contemporânea, novos estereótipos surgiram e também uma inversão de papéis. Porém, aquela vaidade, o charme e os encantamentos, aliados a um bom papo, resumem a verdadeira idealização de um romance perfeito. E, em se tratando de cafajestagem, essas palavras sedutoras acabam por ganhar outros rumos. Hoje, a nossa sociedade traz uma enorme futilidade, ela está sem consistência, tudo é muito fácil. É conveniente ser cafajeste. Não há limites.

O Blog Menu Mulher foi às ruas e perguntou:

Só os homens são cafajestes ou as mulheres também são?

Confira a matéria:

Por Vanessa Tasca

O desejo de ter um filho muitas vezes é barrado por problemas de fertilidade. É considerado casal infértil aquele que, após um ano de tentativas sem nenhum anticoncepcional não obtenha sucesso. Diante desse quadro, muitos casais procuram um médico de reprodução humana para descobrir qual a causa e os possíveis tratamentos.

Uma das grandes conquistas da medicina nessa área foi a fertilização in vitro (FIV) também conhecida como bebê de proveta. Na FIV se induz a ovulação feminina com hormônios e os óvulos são retirados. Esses óvulos são fertilizados com os espermatozóides do marido ou de um doador. Acompanha-se por microscópio a fecundação e então o embrião é transferido para o útero.

De acordo com o especialista em reprodução assistida, Valdir Martins Lampa, “a fertilização artificial é um segmento da reprodução assistida”, pois existem outras técnicas. A mais sofisticada, de acordo com o especialista, é a Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóide (ICSI), “colhemos os óvulos e com um instrumento, chamado micro manipulador, introduzimos os espermatozóides dentro do óvulo da mulher”.

O índice de fertilidade vai aumentando em relação à fertilização em vitro, pois “com o Super ICSI- equipamento onde pode-se ver espermatozóides num aumento de três a quatro mil vezes- fica fácil escolher os melhores óvulos, melhores espermatozóides, e consequentemente vai melhorando cada vez mais o resultado da reprodução assistida”.

Durante o processo é aconselhado um acompanhamento psicológico também, porque as chances de frustrações entre o casal é grande. Normalmente é necessária mais de uma tentativa. O preço do tratamento varia de acordo com a técnica utilizada e a idade da paciente. Algumas universidades brasileiras oferecem tratamento gratuito a casais sem filhos.

FIV

Mais esclarecimentos com o médico Valdir Martins Lampa:

Imagens: Talita Rodrigues

Por Vanessa Tasca

O mercado dirigido ao dia dos namorados deixou o convencional em Balneário Camboriú e se dirigiu mais diretamente às principais consumidoras da data. Na tarde de 06 de maio, sábado, a Wave Academia promoveu o “Curso de Danças Sensuais” só para mulheres. A iniciativa partiu do professor Valdecir da Silva, que trabalha com esse tipo de evento há três anos.

Com o dia dos namorados chegando, a academia fez uma parceria com o professor e pela primeira vez deu para suas alunas e interessadas a oportunidade de um curso elaborado com muito humor, a fim de ensinar as mulheres “como serem sensuais, ousadas e não vulgares”.

Compareceram ao evento cerca de 60 mulheres entre 25 e 50 anos. Elas foram recepcionadas com uma exposição da Tempero Apimentado Sex Shop e brindes da Avon. O curso iniciou com uma palestra sobre a musculatura e o funcionamento da região pélvica e pompoarismo – manobras e movimentos para obter maior prazer sexual.

No decorrer, as participantes aprenderam noções básicas de streap tease, danças sensuais, dança do ventre e expressões faciais. A loja Sonho Chic apresentou um desfile de lingerie, houve sorteio de brindes e no intervalo, o café contou com um bolo no formato do órgão masculino para divertir as  mulheres.

Confira fotos do evento: